top of page

Ferramentas terapêuticas 

Espagiria

 

"A Espagiria, irmã da Alquimia, é uma técnica de elaboração de matérias provenientes dos três reinos da Natureza (vegetal, mineral e animal), a fim de exaltar, ao mais alto grau, as virtudes de seus princípios ativos. A palavra Espagiria expressa "a extração de dons divinos", extrair o arquétipo". 

Texto extraído do site Escola de Espagiria

A tradição espagírica tem suas raízes principais no Egito, onde o hermetismo (uma das formas de prática da alquimia) foi ensinada nos templos de Mênfis e Tebas (os documentos mais antigos que se tem conhecimento são o Corpus Hermeticum, conjunto de textos escrito entre 100 e 300 d.C.).

Embora a alquimia tenha referências de surgimento atribuídas ao Egito, ela não pertence a um lugar, ela é do mundo inteiro. Ela não é uma cultura, mas uma maneira de se aproximar da natureza.

Para os adeptos dessa arte, ela é tão antiga quanto a própria humanidade, apesar de não existirem registros que comprovem essa ideia.

Quintessências

AS QUINTESSÊNCIAS ESPAGÍRICAS SÃO PREPAROS VEGETAIS QUE FUNCIONAM COMO CHAVES DE ACESSO AO CORAÇÃO. NA QUINTESSÊNCIA, O PRINCÍPIO INTELIGENTE DA PLANTA TRABALHA COM O PRINCÍPIO INTELIGENTE DA ALMA.

A quintessência extrai da matéria aquilo que é puro, preservando todo o princípio da planta. É feita com a força da terra e com a força do céu, através de processos de purificação (destilação, retificação, calcinação e circulação) capazes de exaltar as virtudes que um ser vegetal já carrega por natureza. 

As quintessências têm a capacidade de trabalhar de forma suave e profunda os campos físico, mental, emocional e sutil/ energético dos seres humanos, equilibrando necessidades e fortalecendo a essência única de ser. 

“Entre as várias formas farmacêuticas dos remédios espagíricos, a quintessência se distingue pela extraordinária pureza dos princípios que contém e pela potência energética que se manifesta na ação farmacodinâmica. Estas duas características a tornam extremamente eficaz em sua ação.

Para uso interno, as propriedades com tropismo endócrino, neurológico, imunológico, etc., acompanham um potente efeito de reforço de um determinado setor energético com retorno no campo psicológico. Alguns preparados ficam particularmente fortes dada a sua composição, e podem ser administrados (especialmente para pessoas sensíveis) através de uma colherzinha de mel ou um pedaço de pão ou bolo. Em relação a dosagem, não é alta: de uma a cinco gotas, de uma a três vezes ao dia. 

A toxicidade (dada a qualidade de pureza dos constituintes do preparo) é praticamente inexistente em relação aos óleos essenciais, enquanto a eficácia e o espectro de ação ficam notavelmente aumentados. Dada sua pureza, não possuem contra indicação em relação a interações medicamentosas. Seu uso não substitui orientação médica, e deve ser administrado conforme indicação”.  


Texto extraído do Manual de Quintessências elaborado pela Escola de Espagiria

Screen Shot 2023-04-17 at 13.32.45.png
bottom of page